E A SAÚDE PUBLICA COMO FICA?

Possível ‘importação’ de gestores para Saúde do DF incomoda servidores

 

Mudança de modelo de gestão também é ‘colocado à mesa’, questionado e ‘saboreado’ com reservas

Por Kleber Karpov

Após se comprometer ouvir as vozes dos servidores, sindicatos e entidades sindicais e ligadas à saúde, durante período eleitoral, a demora na nomeação de secretário de Estado de Saúde do DF (SES-DF) tem incomodado os profissionais de Saúde. Se soma a isso, a sugestão, por parte do governador eleito, Ibaneis Rocha (MDB), que a Pasta possa receber gestor ‘importado’ de São Paulo ou de relações ‘questionáveis’.

O termômetro pode ser sentido, por diversos grupos de servidores e ligados à Saúde Pública do DF, do aplicativo Whatsapp. Em alguns, se questiona a possibilidade de Ibaneis ignorar lista tríplice, definida no início da semana passada, ou ainda, nomear um secretário para ser mera ‘Rainha Inglaterra’. Isso, em alusão a possibilidade de esse gestor, embora indicado pela Saúde, fique sem plena autonomia na gestão da pasta.

Made in Sampa


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *