E A SAÚDE PUBLICA COMO FICA?

Possível ‘importação’ de gestores para Saúde do DF incomoda servidores

 

Mudança de modelo de gestão também é ‘colocado à mesa’, questionado e ‘saboreado’ com reservas

Por Kleber Karpov

Após se comprometer ouvir as vozes dos servidores, sindicatos e entidades sindicais e ligadas à saúde, durante período eleitoral, a demora na nomeação de secretário de Estado de Saúde do DF (SES-DF) tem incomodado os profissionais de Saúde. Se soma a isso, a sugestão, por parte do governador eleito, Ibaneis Rocha (MDB), que a Pasta possa receber gestor ‘importado’ de São Paulo ou de relações ‘questionáveis’.

O termômetro pode ser sentido, por diversos grupos de servidores e ligados à Saúde Pública do DF, do aplicativo Whatsapp. Em alguns, se questiona a possibilidade de Ibaneis ignorar lista tríplice, definida no início da semana passada, ou ainda, nomear um secretário para ser mera ‘Rainha Inglaterra’. Isso, em alusão a possibilidade de esse gestor, embora indicado pela Saúde, fique sem plena autonomia na gestão da pasta.

Made in Sampa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *