Estudantes bloqueiam Esplanada dos Ministérios em protesto contra reforma da Previdência

Passeata interditou via S1 nesta sexta-feira. Ato foi convocado pela UNE, que realiza em Brasília o 57º congresso da entidade.

Por G1 DF e TV Globo

12/07/2019 12h45  Atualizado há um minuto


União Nacional do Estudantes (UNE) faz protesto em Brasília contra reforma da previdência  — Foto: TV Globo/Reprodução

União Nacional do Estudantes (UNE) faz protesto em Brasília contra reforma da previdência — Foto: TV Globo/Reprodução

Estudantes bloquearam a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na manhã desta sexta-feira (12), em protesto contra a reforma da Previdência. O ato, convocado pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e centrais sindicais, chegou a interditar todas as faixas da via S1, na altura da Rodoviária do Plano Piloto. No entanto, por volta das 14h, o trânsito foi liberado.

Os participantes da mobilização se concentraram no Museu Nacional Honestino Guimarães às 10h e iniciaram uma passeata em direção ao Congresso Nacional. Cerca de 1h30 após o início da caminhada, os manifestantes atearam fogo em um carrinho de supermercado com pneus.

Estudantes colocam fogo em pneus durante protesto contra reforma da Previdência, em Brasília  — Foto: Brenda Ortiz/G1

Estudantes colocam fogo em pneus durante protesto contra reforma da Previdência, em Brasília — Foto: Brenda Ortiz/G1

As chamas consumiram o carrinho e uma coluna de fumaça preta se formou em frente ao Congresso. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater o foco de incêndio. Ninguém ficou ferido.

Por causa do bloqueio da S1, motoristas enfrentaram lentidão nas principais vias da área central da capital.

União Nacional do Estudantes (UNE) faz protesto em Brasília contra reforma da previdência  — Foto: TV Globo/Reprodução

União Nacional do Estudantes (UNE) faz protesto em Brasília contra reforma da previdência — Foto: TV Globo/Reprodução

Desde quarta-feira (10), a UNE realiza em Brasília o 57º congresso da entidade. O evento segue até domingo (14). Durante esses dias, além da manifestação e de palestras, estão previstos shows.

Reforma da Previdência

Os deputados iniciam nesta sexta-feira (12) o quarto dia de análise da reforma da Previdência em plenário. A “maratona” dos deputados começou na última terça (9).

Na noite de quarta (10), a Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, por 379 votos a 131, o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as regras de aposentadoria.

Para concluir a votação, os parlamentares ainda precisam analisar emendas e destaques apresentados pelos partidos para tentar alterar pontos específicos do texto.

PONTO A PONTO: entenda a proposta aprovada na Câmara

Considerada uma das principais apostas da equipe econômica para sanear as contas públicas, a proposta de reforma da Previdência estabelece, entre outros pontos:

  • Imposição de idade mínima para os trabalhadores se aposentarem: 65 anos para homens e 62 anos para mulheres;
  • Tempo mínimo de contribuição previdenciária passará a ser de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens;
  • Regras de transição para quem já está no mercado de trabalho.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

FONTE; G1/DF

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *