Hospital Águas Claras será o maior da região

Previsto para o primeiro trimestre de 2020, novo empreendimento posiciona o DF como um dos principais polos de saúde do país.

Por Flávio Resende*

Depois de quase seis anos de espera, está confirmada, para março do ano que vem, a inauguração do primeiro hospital privado de Águas Claras. O anúncio foi feito hoje, durante café da manhã com o corpo de gestores do hospital. O empreendimento consumiu investimentos da ordem de R$ 300 milhões, dos quais R$ 100 milhões foram aplicados só em tecnologia.

O Hospital Águas Claras, do mesmo grupo hospitalar do Hospital Brasília e da Maternidade Brasília, chega com uma estrutura de dar inveja, considerada a maior, entre as sete unidades, da Rede Ímpar no país.

São mais de 38 mil metros quadrados, com um pronto-socorro com capacidade para atender mais de 20 mil pacientes mensalmente. Haverá, ainda, um completo centro ambulatorial, com dez andares e 120 consultórios, além de um moderno centro de diagnósticos, com equipamentos de última geração, incluindo um dos mais modernos de Ressonância Magnética da América Latina.

Localizado na Rua Araribá, nº 5, o hospital já deverá contar com certificação internacional, logo no início de suas operações, graças à expertise da rede no DF, mais especificamente do Hospital Brasília, um dos mais tradicionais da cidade.

“Com os últimos lançamentos de empreendimentos da área neste ano no DF, Brasília passa a despontar com um dos maiores polos de saúde do país”, afirma Regina Duarte, diretora geral do Hospital Águas Claras.

Ao todo, serão gerados mais de três mil empregos diretos e indiretos.  “Nesta fase que antecede a inauguração, uma equipe técnica tem visitado instituições locais de ensino, incluindo escolas técnicas e cursos de Graduação e Pós-Graduação na área de saúde, em busca de parcerias para preparar mão-de-obra especializada, dentro dos padrões de qualidade da rede”, explica Izar Muller Behs, consultora contratada pela empresa para a implementação do negócio no DF.

“A expectativa é de que as 60 fontes pagadoras, incluindo os convênios de saúde, do Hospital Brasília hoje se estendam ao Hospital de Águas Claras”, adianta Regina Duarte.

Com 267 leitos, sendo 135 para internação, e 69 de UTI, o Hospital de Águas Claras contará com 600 vagas de estacionamento. “Não inauguramos antes, por conta da limitação do estacionamento, exigência do governo para o liberar o alvará. Resolvemos o problema adquirindo um terreno ao lado, o que vai propiciar mais conforto e tranquilidade para nossos pacientes”, afirma a diretora geral.

Já no seu primeiro ano de funcionamento, a exemplo de outros players locais, o Hospital de Águas Claras pretende aderir ao projeto da Administração Regional, intitulado “Adote uma Praça”, contribuindo para a comunidade local e melhorando a qualidade de vida da população.

* Especial para a Folha de Águas Claras

Fonte: Folha de Águas Claras

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *