Polícia prende suspeito de matar e esquartejar jovem de 18 anos no DF

Partes do corpo da vítima foram encontradas em sacola plástica transportada por carroceiro. Crime ocorreu neste sábado (4), no Itapoã.

Por G1 DF

Agentes fazem perícia em lixão onde corpo foi encontrado, no Itapoã — Foto: TV Globo/Reprodução

Agentes fazem perícia em lixão onde corpo foi encontrado, no Itapoã — Foto: TV Globo/Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, neste sábado (4), um homem suspeito de matar e esquartejar um jovem de 18 anos, no Itapoã. Partes do corpo de João Carlos Dias dos Santos foram encontradas em um lixão, dentro de sacolas plásticas.

Segundo a investigação, o corpo do vítima foi localizado por um carroceiro. A testemunha disse à polícia ter sido contratada para transportar recicláveis e um tanque de lavar roupas. Ao descarregar o material, o trabalhador encontrou o tronco, os braços e as pernas da vítima.

Local de descarte de lixo onde corpo esquartejado foi encontrado, neste sábado (4), no Itapoã — Foto: TV Globo/Reprodução

Local de descarte de lixo onde corpo esquartejado foi encontrado, neste sábado (4), no Itapoã — Foto: TV Globo/Reprodução

A perícia foi chamada e, durante a coleta de provas, o suspeito apareceu. O jovem de 19 anos foi reconhecido por testemunhas e acabou preso em flagrante.

De acordo com a polícia, outras duas pessoas estão envolvidas no crime. Elas não haviam sido presas até a publicação desta reportagem. A polícia também tenta localizar onde os criminosos esconderam a cabeça da vítima.

O crime é investigado como homicídio pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá).

Crimes em março

Um levantamento feito pelo G1 mostra que, em março, houve 1,14 mortes violentas no DF a cada 24 horas, em média. Houve pelo menos 31 assassinatos no mês passado.

Ainda segundo os dados levantados pela reportagem, de 1º a 31 de março, Planaltina e Gama somaram o maior número de homicídios: foram quatro assassinatos em cada região. Brazlândia e Paranoá ficaram em segundo lugar, com dois casos cada.

Veja números:

  • 26 homicídios
  • 1 feminicídio
  • 4 latrocínios – roubos seguidos de morte

Fonte: G1/DF

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *