Tribunal de Contas do DF irá apurar irregularidades em Unidades de Acolhimento

Por Matheus Venzi

Na última sexta-feira (19), o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) confirmou que irá apurar possíveis irregularidades nas Unidades de Acolhimento para Crianças, Adolescentes e Famílias do Distrito Federal. O tribunal aceitou uma representação feita pelo deputado distrital Leandro Grass (Rede).

Após visitar diferentes locais, o deputado protocolou um requerimento de informações sobre os contratos da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e a solicitação de uma auditoria no serviço de acolhimento junto ao TCDF.

O parlamentar visitou a Unidade de Acolhimento de Crianças e Adolescentes (UNAC) II, em Taguatinga, e a Unidade de Acolhimento de Adultos e Famílias (UNAF), no Areal. Essas localidades são destinadas a acolher famílias, crianças, adolescentes e indivíduos com vínculos familiares rompidos ou fragilizados. Pessoas que sofreram abandono, negligência ou violência. Leandro Grass afirma ter se deparado com um cenário caótico.

“Na UNAC II, os jovens não possuem qualquer atividade de integração e contam com apenas um assistente social, um pedagogo e um psicólogo. Não há fornecimento regular de pratos e talheres. Os produtos de higiene são de péssima qualidade e não são enviados em quantidade suficiente. Não existe material básico, escova de dente, sabonete, toalha, absorvente. A unidade do estado vive de doações, de favor”, afirma o deputado.

Já na UNAF, Grass também detectou um estado de abandono. Segundo ele, o local estava insalubre e inóspito. Crianças, adultos e idosos dividiam igualmente o mesmo espaço. “As situações que encontrei nesses dois ambientes revelaram um verdadeiro atentado aos direitos de quem deveria estar sob a proteção do Estado. Isso me motivou a protocolar as ações”, lamentou o parlamentar.Após a decisão de aceitar a representação. O TCDF também determinou que o requerimento será juntado ao processo 10.285/17, que também investiga casos similares.

Matheus Venzi/sosbrasilia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *