General Paulo Chagas: E agora José? Quem são os traidores?

General Paulo Chagas/Redação SOS BRASILIA

Caros amigos

Como diria Carlos, o Drummond de Andrade, se a sua poesia fosse tão ruim quanto o meu esforço para fazê-lo lembrado:
– E agora, José? A PF concluiu, a investigação acabou, as mensagens eram falsas, um crime foi cometido e o Santos Cruz foi execrado!
– E agora, Zé? Quem é o criminoso? Quem é o “traidor”? Quem foi enganado e quem deixou-se enganar?
– Afinal, quem eram os interessados na queda do General?
– Vítima do mesmo leviano teria sido o Bebianno?
– Ambos chamados traidores, seriam os mesmos detratores?
– Aplausos das mesmas mãos partiram. Houve até quem, de dentro do Palácio, tuitasse: “Ele caiu, por minha conta é a bebida!”

É óbvio que o Presidente foi vítima de uma fraude e que o criminoso goza de muito prestígio junto a ele, pois a sua palavra foi mais forte do que a de um amigo de mais de 30 anos, um General do Exército com ficha de serviços da mais alta relevância, dentro e fora do Brasil!

Este é, sem dúvidas, um crime grave que tem que ser investigado até às últimas consequências e que põe em xeque, mais uma vez, a qualidade da assessoria pessoal do Sr Presidente da República.

Que siga o baile, que a investigação continue, que o crime seja desvendado e os criminosos conhecidos, desmascarados e punidos! E, principalmente, que ensinamentos nâo deixem de ser colhidos, para o bem de tudo que queremos para o futuro do Brasil!

Gen Paulo Chagas /Colunista SOS BRASÍLIA

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *