Fumantes têm mais chances de contrair coronavírus

Essa pode ser uma boa hora para decidir parar com o vício; Veja dicas e orientações

AGÊNCIA BRASÍLIA *

Conheça os principais grupos de risco para a Covid-19 e saiba como ...

Um vírus muito agressivo para os pulmões, o novo coronavírus pode ser ainda mais prejudicial para fumantes e ex-fumantes. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong, em Wuhan, na China, as pessoas que fumam têm 14 vezes mais chances de desenvolver quadros graves de Covid-19 do que os pacientes que não possuem o hábito.O estudo, que foi publicado pela equipe no Chinese Medical Journal no fim de fevereiro, também constatou que até aqueles com histórico de tabagismo têm um risco 14% maior de desenvolver pneumonia quando infectados pelo novo coronavírus. Segundo os especialistas, isso acontece porque fumar causa um quadro inflamatório crônico nos pulmões.“O fumante ativo sofre com a agressão direta da fumaça e do calor gerado pelo cigarro, o que leva a um processo inflamatório crônico, o que facilita a penetração do vírus. O ex-fumante, dependendo do tempo que parou, ainda pode ter esse processo inflamatório, ou mesmo, já ter uma doença pulmonar relacionada ao fumo. Portanto, são grupos de risco”, explica a pneumologista e Referência Técnica Distrital (RTD) de Tabagismo, Nancilene Melo.Além disso, existe o fato de que ao fumar, a pessoa leva muito a mão na boca, o que facilita na proliferação da Covid-19. A RTD de Tabagismo destaca que se o fumante for de narguilé, a carga tabágena é bastante superior ao cigarro tradicional, e ainda há compartilhamento da piteira, contribuindo inclusive para a transmissão do coronavírus.

Decisão

Apesar do sentimento de preocupação por conta da pandemia, essa pode ser uma boa hora para muita gente decidir parar de fumar. “Nesse período de epidemia e quarentena, as pessoas que se sentem estimuladas a parar, podem buscar ajuda em aplicativos gratuitos que podem ser baixados no celular, assim como grupos online, cuja eficácia é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde”, afirma Nancilene. Ela lembra ainda que há o serviço do Disque Saúde, que funciona 24h, através do telefone 136, tecla 2.

Fumantes têm 14 vezes mais chances de desenvolver casos graves de ...

Abaixo, seguem algumas dicas que podem ajudar os fumantes na hora de colocar um basta no vício:

1 – Defina um dia para parar de fumar.
2 – Corte gatilho do fumo. Os gatilhos são diferentes em cada fumante. Para um é o cafezinho, para outro é o companheiro de trabalho que também fuma e o convida para um intervalo.  Confira as dicas abaixo para não cair nesses gatilhos e acender um cigarro:
•Se está acostumado a dirigir fumando, não tenha cigarro no carro.
•Se fuma após as refeições, levante-se imediatamente após terminar e escove logo os dentes, o que ajuda a diminuir a fissura pelo cigarro.
•Chupar gelo e comer cubinhos de frutas geladas ajuda a se livrar da fissura.
•Evite espaços que tenham pessoas fumando.
•Evite bebida alcoólica e café, principalmente se estavam associadas ao ato de fumar.
• Beba muita água, especialmente quando tiver vontade de fumar.
3 – Faça algum tipo de exercício, pois ajuda a relaxar. Mesmo no espaço de isolamento, é importante fazer alguma atividade: arrume a casa, medite, faça alongamento. Faça uma respiração profunda cada dia durante 3 a 5 minutos. Inspire pelo nariz muito lentamente, prenda a respiração por alguns segundos e expire lentamente pela boca. Tente fazer a sua respiração com os olhos fechados.
4 – Procure manter-se ocupado e fazer coisas que aumentam a sensação de bem estar e preencha o espaço deixado pelo cigarro.
5 – Se você falhou, levante-se e siga adiante. Lide com isso com naturalidade. Veja onde errou e comprometa-se a não cometer o mesmo erro novamente.
6 – Evite ficar no mesmo ambiente com pessoas que fumam, comunicando a elas que você está em processo de parar.
7 – Todos os dias, guarde o dinheiro que você gastaria com o cigarro e o conte ao final de cada semana para ver quanto economizou.
8 – Encontre um outro fumante que esteja tentando parar, e ajudem-se mutuamente com palavras positivas e ouvindo desabafos.
9 – Assim como o cigarro deve ficar longe de quem está tentando parar de fumar, um kit de salvação para vencer a fissura deve estar próximo. Lembre-se sempre que a fissura dura no máximo 5 minutos e é autolimitada. Confira alguns substitutos saudáveis, de baixa caloria, que podem ajudar a driblar a vontade de fumar e manter o cigarro longe:
• água gelada
• palitos de cenoura crua
• água de coco
• frutas geladas picadas
• cristais de gengibre*

Com informações da Secretaria de Saúde

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *