NÃO TEM COMO TIRAR BOLSONARO. E AGORA O POVO DIZ QUE ELE DEVE FICAR

Por Renato Riella*

Renato Riella

No momento, a maior epidemia que o Brasil vive é a de insanidade, que domina as classes dominantes da política e os meios de comunicação.
Mas o povo é sábio e justo.

O povo brasileiro tem fé e bom senso.
Além disso, hoje em dia, todas as pessoas são politizadas e absurdamente bem informadas.

Todos têm visão crítica aguçada, filtrando o que sai na Globo e nos jornais.
A Internet é divina. Nos libertou.

PESQUISA CHOCANTE

Digo isso porque muita gente “inteligente” está surpreendida com a pesquisa nacional feita pela Datafolha, nos dias 1º, 2 e 3 de abril.

A pesquisa mostra que a maioria da população não quer a saída do Presidente Bolsonaro.
Isso mesmo!

Para 59% dos brasileiros entrevistados, Bolsonaro não deve renunciar, como pregam os malucos golpistas sem ouvir antes a comunidade brasileira.

Há na pesquisa 37% dos entrevistados favoráveis à renúncia do Presidente (impossível de acontecer).
Se nem facada tirou o cara do rumo, não vai ser cara feia que poderá fazer isso.

Este percentual de 37%  representa a massa formada pelas “viúvas do Lula”, que insistem em desestabilizar o governo, em meio a uma próxima pandemia assustadora. Gente doida, sô!

Já disse muitas vezes que não votei em Bolsonaro (votei em branco, por desprezar todos os candidatos).
E não voto nele numa possível reeleição. Bolsonaro está fora do meu comportamento pessoal. Se fosse meu filho, ele tomaria de vez em quando umas palmadas para aquetar o facho.

Mas, tecnicamente, reconheço que o Governo Bolsonaro é suportável, formado por gente de bom nível – e que não rouba (milagre!).
É um governo melhor do que os anteriores, que só roubavam.

Quase todos os atuais ministros são bem reconhecidos pelo povo nas pesquisas, mas foram criminosamente sabotados por Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre, Dias Toffoly, Gilmar Mendes e outros saudosistas dos tempos tenebrosos.

Esses caras poderosos sabem que o impeachment é impossível tecnicamente de acontecer, principalmente em meio a uma pandemia, mas passam para a opinião pública o grito porralouca de “vai cair, vai cair, vai cair!”

É mais fácil cair um meteoro que acabe violentamente com o covid-19.

Todos esses “golpistas” valem-se de uma imprensa, capitaneada pela Rede Globo, que abandonou as causas do Brasil para defender de forma alucinada uma queda de governo, sem saber como fazer isso.

A solução para o Brasil, depois dessa pesquisa, é o surgimento de um poder moderador, que junte as forças de governo com as forças políticas, para evitar a grande tragédia do coronavírus.

O Brasil pode ser exceção no mundo – se a gente se unir.
Porém, mesmo que permaneça este Fla-Flu suicida, ainda teremos resultados melhores do que os outros grandes países – mas, infelizmente,  muita gente vai morrer.

Moral da história: Bolsonaro acorda hoje fortalecido por uma pesquisa feita por inimigos (Datafolha e outros manipuladores).

E vai crescer nos tamancos – como se dizia antigamente.
Os golpistas que renunciem.

*RENATO RIELLA é jornalista e colunista convidado especial/SOSBRASILIA

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter

3 respostas

  1. Excelente texto, concordo em parte, discordo da paranóia de perseguição. Acho que o governo vai bem, apesar do chefe, que está com ciúmes da excelente equipe que montou.
    E Bolsonaro fica, apesar dos filhos !!!

  2. Excelente texto, Renato Riela! Falou tudo! O Brasil precisava de um doido honesto! A equipe do nosso presidente é um timaço! Acompanho política desde os nove anos quando pelo rádio ouvi a notícia da morte de Getúlio. Estou torcendo pelo sucesso do governo Bolsonaro! É um predestinado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *